Drops Trepa #1 – Aniversário da Rádio Nacional da Amazônia

Drops Trepa! Drops Rádio Digital!

Jamais esquecendo o #golpe que faz um ano hoje, chafurdamos nas recordações lamentáveis que ao menos fazem entender um pouco sobre a composição da lama em que nos metemos. Nos lamentamos que no aniversário de 40 anos de uma das mais importantes rádio do país – a Nacional da Amazônia – o golpe opera o assassinato da emissora. Veja o link abaixo.

Batemos um papo com Rafael Diniz, pesquisador da UNB em nível de doutorado, mestre pela PUC-Rio e graduado pela UNICAMP em ciência da computação. Falamos do Ginga, a tecnologia brasileira da TV Digital e sobre a migração da TV aberta. Quem foi o tonto que me disse que era bom sair da AM e ir pra FM? Hoje a Rádio Nacional da Amazônia faz 40 anos e pode ser que ela jamais volte ao ar. Enquanto o pessoal se lambuzam nas internets, a soberania do espaço etéreo vai se polvilhando. E o papel dos movimentos sociais, militares, de estado e da academia na batalha pelo rádio e pelos caminhos do broadcast? De quem é a responsa e como podemos reverter o assassinato da beleza do rádio?

 

ps. ABERT é a associação brasileira de emissoras de rádio e tv; as grandes comerciais. Os chefe da zorra toda.

 

**Links**

 

https://www.cartacapital.com.br/blogs/intervozes/ebc-pode-perder-a-concessao-da-radio-nacional-da-amazonia-que-segue-fora-do-ar

http://www.ebc.com.br/institucional/sobre-a-ebc/noticias/2017/08/radiojornalismo-da-ebc-celebra-40-anos-da-nacional-da-amazonia-com

(Controle remoto das caixinhas – set top box – do programa do governo de migração para transmissão digital)

www.rdm-brasil.org

  2 comments for “Drops Trepa #1 – Aniversário da Rádio Nacional da Amazônia

  1. Felipe
    4 de September de 2017 at 11:23

    Pois é, como pode uma rádio dessas ficar fora do ar. Quais as prioridades do governo e representantes do Estado?

    • Paulo Lara
      4 de September de 2017 at 11:40

      Incrível, né, Felipe? Devemos voltar a este tema, que é importantíssimo. Obrigado pela participação. Abraço.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *