Trepa Muleke – 64

Trepa Muleke – 64
episódios

 
 
00:00 / 1:44:56
 
1X
 

Não acabou, tem que acabar, eu quero o fim do podcast Trepa Muleke… Sim, amigas, amigos e amigues, o trepa está indo embora. Já deu, ninguém aguenta mais essa zona e às vezes é melhor simplesmente recomeçar, pois um novo trepa está para chegar. Mas, enquanto o novo não vem, seguimos com aquele mais do mesmo com o qual já estamos acostumados, aquela balbúrdia inebriada sem compromisso com o acerto. Falando em desacerto, o celerado em chefe do Império simplesmente matou o general mais bem quisto do Irã, fazendo com que o mundo já tenha pesadelos com uma possível nova guerra. Uma hipótese é que o laranjão tenha seguido os métodos bolsonaristas e tenha mandado uma cortina de fumaça perigosa para distrair os estadunidenses do impeachment. Outra pauta quente é a debatida relação entre 2013 e a CIA. Hipótese coerente historicamente ou cortina de fumaça para a culpa do PT? E o Lula? Ou será que a CIA já terceirizou tudo e quem tá pautando é a Cambridge Analytica? Falamos um pouquinho de novos emails vazados por ex-funcionários da empresa e muito sobre a atuação da companhia sob a luz de matérias já publicadas e do filme Privacidade Hackeada. E discutimos como o assunto Inteligência Artificial ressurgiu e tem sido ressignificado como a grande coisa que vai mudar tudo ao mesmo tempo agora nos próximos anos. Basicamente uma geringonça com nome charmoso, tipo o que o Marcelo Freixo quer fazer no Rio de Janeiro. Especulações eleitorais geringoceiras como as conversinhas Dino-Huck fecham a tampa do caixão dessa conversa, que rolou na tarde do último sábado. Para deleite das bombas de Trump, o som foi da banda de prog metal iraniano Integral Rigor.

Post navigation

  1 comment for “Trepa Muleke – 64

  1. Mathaus
    22 de janeiro de 2020 at 18:35

    http://g1.globo.com/brasil/noticia/2013/06/veja-integra-da-pesquisa-do-ibope-sobre-os-manifestantes.html

    Perfil dos manifestantes em 2013:
    Escolaridade:
    – Até colegial iniciado: 8%
    – Colegial completo ou ensino superior iniciado: 49%
    – Superior completo: 43%

    Quais são as reivindicações que levaram você a participar das manifestações? Quando somadas as três razões indicadas pelos manifestantes para estarem nos protestos:

    TRANSPORTE PÚBLICO: 53,7%
    – Contra o aumento/ a favor da redução: 40,5%
    – Precariedade/ a favor da melhoria do sistema: 14,0%
    – Aumento de veículos/ frotas: 4,3%
    – Desconforto na viagem: 3,6%
    – Mais transparência na área de transporte público: 0,1%
    – Passe livre para estudantes/ desempregados: 0,5%
    AMBIENTE POLÍTICO: 65,0%
    – Contra a corrupção/ desvios de dinheiro público: 49,0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *